Avançar para o conteúdo principal

Começar agora e chegar ao Verão em grande forma mental



    Olá a todos!

    Este post está tão atrasado como aqueles que querem chegar ao Verão em forma e ainda não fizeram nada.

    É verdade, quem quer chegar ao Verão em grande forma e ainda nada fez, ainda vai a tempo de estar com uma forma invejável no Verão de 2018 ou mesmo no Natal deste ano, para que aquelas camisolas grossas assentem que nem uma luva.

     Depois de começarmos a treinar, o nosso corpo precisa de vários meses para se adaptar até se começarem e notar resultados, por isso, quem vai treinar como se não houvesse amanhã e praticamente deixar de comer dois meses antes do verão, provavelmente não vai ver qualquer resultado e vai desmotivar-se.

   No entanto, para quem começar agora a seguir um programa de treino adaptado às suas necessidades, com uma alimentação equilibrada e variada, pode não notar grandes diferenças a nível físico no Verão mas certamente vai sentir grandes diferenças a nível mental, o que acaba por ser o mais importante porque é a mente que controla o corpo e é nela que reside a nossa motivação.

    Nunca é tarde para começar a ter um estilo de vida mais saudável e acreditem que embora as alterações do corpo demorem a aparecer, vão notar alterações a nível mental logo nas primeiras semanas. Vão sentir-se mais confiantes, mais motivados, mais leves, menos cansados até que sensivelmente após 21 dias (está provado que é o tempo que se leva a criar um hábito) tudo isto se torna um hábito e depois o mais difícil vai ser mesmo não treinar e ter uma má alimentação.

    Posto isto, toca a ir para o ginásio, arranjar um personal trainer, ir para a rua correr, procurar um nutricionista, jogar e correr com as crianças, usar menos o elevador, ler mais este blog, andar mais a pé, comer menos doces e gorduras, comer mais legumes e frutas, pensar de forma mais positiva e ser mais feliz!

    Não se esqueçam que é importante que partilhem com os vossos amigos, que comentem, que dêem sugestões de temas e que subscrevam para não perderem nada.

    Saudações proteicas!




Resultado de imagem para estilo de vida

 

 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Comprei uma SmartBand: prós e contras

Olá a todos,
    Durante os meus treinos de corrida já costumo utilizar uma aplicação de monitorização (Sports Tracker) que mede a distância por GPS, a velocidade média e instantânea e faz também uma estimativa da quantidade de calorias gastas entrando em linha de conta com o peso, idade e altura que definimos na aplicação. Para além disso, a aplicação também permite fazer a monitorização da frequência cardíaca desde que associada a uma banda cardíaca ligada ao Smartphone através de Bluetooth. 
   Por curiosidade e também para tentar fazer treinos mais produtivos pesquisei algumas alternativas para controlar a frequência cardíaca como relógios de desporto com e sem GPS integrado, bandas cardíacas Bluetooth para ligar ao Smartphone, Smart Watches e SmartBands tendo tirado as seguintes conclusões:
As bandas cardíacas com Bluetooth são o equipamento mais preciso para medir a frequência cardíaca durante o treino mas como têm que se colocar à volta do peito considero-as um pouco descon…

Um update da minha vida!

Olá família proteica!

Não fiquem assustados porque não é nenhuma alma penada que está a escrever este post. Embora não dê notícias há algum tempo, ainda não faleci e encontro-me de boa saúde.

É só pedir!
Para quem não sabe, regressei à minha terra natal (Mangualde) no final de 2017, após 11 anos a morar em Lisboa, onde me licenciei em Medicina Nuclear e trabalhei na área da Banca durante cerca de 5 anos.

Para quem tem curiosidade em perceber melhor esta mudança repentina basta ler o post no link.

Se mudar pequenas coisas já custa, mudar completamente de vida custa ainda mais, mesmo que seja para melhor.

Sempre tive o sonho que criar o meu próprio emprego e poder um dia dar emprego a outras pessoas mas era uma ideia que estava apenas na minha cabeça de forma muito pouco concreta.

Assim que regressei comecei a procurar emprego aqui na zona de Mangualde, Viseu e arredores sempre com a ideia de que não voltaria a trabalhar em algo que me fizesse mal como me fez trabalhar durante 5 anos em …

Era uma vez uma parceira de treino chamada gripe

Olá a todos,

Sei que já há algum tempo que não dou notícias nem aqui nem na página do facebook e só tenho dado sinal de vida no Instagram.
Para além disso era suposto este post ser a continuação da série "Treinar em casa" com vídeos incluídos, mas parece que desta vez não foi a gripe que apanhou Rafael Gomes mas sim o contrário. 
Estive uns dias com febre, tosse, mal-estar geral e como tenho alguns problemas respiratórios, embora já não tenha febre, continuo com uma tosse bastante irritativa. Moral da história: há uma semana que não treino...
Se há alguma vantagem em estar doente é que se acaba por perder algum peso porque embora no meu caso não tenha perdido o apetite, perdi completamente o paladar, o que me tem tirado completamente o prazer de comer
Relativamente ao treino, eu tenho por hábito fazer duas ou três pausas por ano de cerca de uma semana porque sinto que é importante para a minha evolução, principalmente porque me permite recuperar o Sistema Nervoso Central q…